Categoria: Uncategorized (Página 1 de 2)

Próxima parada: Milão, confira o Line up da Semana de Moda Italiana

Oi  gente, começou uma das semanas de moda mais importantes e influentes de todo o mundo, a semana de moda de Milão. Ontem, 21 de setembro, já tivemos o primeiro dia de desfiles e o GG vai contar um pouco das tendências para a Primeira/Verão 2017 desse primeiro dia de desfiles, mas confiram o Line – UP dos próximos dias dessa semana que promete ser de arrasar.

 

Confira toda a programação dos desfiles:

E para assistir ao vivo a tudo que os melhores estilistas vão apresentar você pode acessar ao Site da Lilian Pacce pelo : http://www.lilianpacce.com.br/

22/09 – 5ª feira

4h30 Max Mara
5h Angelo Marani
5h30 Genny
6h30 Luisa Beccaria
7h30 Fendi
8h15 Ports 1961
9h Anteprima
10h Emilio Pucci
11h Les Copains
12h Cristiano Burani
13h Prada
13h Daniela Gregis
14h Byblos Milano
15h Moschino
15h30 Daizy Sheley

23/03 – 6ª feira

5h30 Diesel Black Gold
5h30 Giorgio Armani
6h30 Uma Wang
6h30 Giorgio Armani
7h30 Sportmax
8h15 Krizia
9h Etro
10h Giamba
11h Marco De Vicenzo
12h Tod’s
13h Versace
14h Aigner
15h Elisabetta Franchi
15h30 Atrushi Nakashima
15h30 Mario Dice

24/09 – sábado

4h30 Bottega Veneta
5h30 Vivetta
6h30 Antonio Marras
7h30 Blumarine
8h15 Simonetta Ravizza
9h Ermanno Scervino
10h Jil Sander
11h Cividini
12h Gabriele Colangelo
13h Aquilano.Rimondi
14h Philosophy di Lorenzo Serafini
15h Leitmov
15h30 Au Jour Le Jour

25/09 – domingo

4h30 Alberto Zambelli
4h30 Marni
6h15 Richmond
6h15 Giada
7h Laura Biagiotti
7h45 Stella Jean
8h45 Maurizio Pecoraro
9h Dolce & Gabbana
10h MSGM
11h Salvatore Ferragamo
12h Trussardi
13h Arthur Armesser
14h Missoni
15 DSquared2

26/09 – 2ª feira

4h30 Lucio Vanotti
5h30 Ricostru
6h30 Mila Schön
7h30 San Andres Milano
8h30 Piccione.Piccione

Morre Elke Maravilha, ícone de autenticidade

Desde junho estava em coma induzido após cirurgia na úlcera. Ela partiu esta madrugada (16) na Casa de Saúde Pinheiro Machado, zona sul do Rio de Janeiro, aos 71 anos. A russa já foi modelo da Zuzu Angel, Clodovil e Guilherme Guimarães. Elke Maravilha é ícone da moda divertida, inovadora e sem regras. A atriz tinha diabetes e não estava mais respondendo aos medicamentos.

“Eu quero é conviver! A grande arte não é viver, é conviver”! – Elke Maravilha

 
(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Nascida Elke Georgievna Grunnupp, em São Petesburgo, Russia, chegou ao Brasil aos seis anos de idade e foi morar em Itabira do Mato Dentro, MG, cidade de Carlos Drummond de Andrade. Teve diversas profissões – de modelo a bibliotecária – e em sua vida intensa mesclava exotismo, misticismo, alegria e loucura aos seus oito casamentos, oito idiomas e autenticidade.
[metaslider id=2034]

 

 

Campos do Jordão para curtir a dois

A semana dos namorados esta chegando, e você já preparou aquela super viagem para curtir a dois? Bom, nada melhor do que viajar com quem amamos. Pensando nisso, separamos uma das cidades mais românticas para curtir com seu amor.

Para os apaixonados de plantão que pretendem viajar e dar uma “escapadinha”, que tal conhecer a cidade mais europeia de São Paulo? Campos do Jordão.

Além de ser uma cidade charmosa por suas montanhas e cultura típica da região, a cidade atraí turista de todo o mundo.

Campos do Jordão

Campos do Jordão é uma cidade do interior de São Paulo – Na serra da Mantiqueira e é uma das mais altas cidades brasileiras. O lugar é ideal para quem está em busca de frio. Tem uma ótima gastronomia e paisagens deslumbrantes. A cidade é repleta de bares, restaurantes, chocolateiras, hotéis e albergues, isso tudo, com diferentes valores que se adaptar ao bolso do viajante.

Curtindo o final de semana

Um final de semana em Campos do Jordão é maravilhoso se tudo for planejado. É importante que os viajantes marquem tudo com antecedência, afinal, é um lugar muito concorrido e deixando para cima da hora é possível não encontrar mais hotéis disponíveis, principalmente entre os meses de junho e julho, na qual é a época mais concorridas por ser os meses mais frios do ano.

Viagem a dois

Campos do Jordão é uma cidade extremamente romântica, talvez pelo seu estilo e arquitetura inspirada na Suíça, ou simplesmente pela gastronomia com programação recheada.

Para a viagem a dois ser completa é essencial que o casal escolha um excelente restaurante (difícil será escolher qual o melhor), e não deixar de desfrutar do famoso foundue. O casal pode aproveitar para subir o morro do elefante de teleférico e apreciar a vista de toda a cidade e das montanhas.

Para aproveitar o final de semana com que ama não deixe o dia passar em branco e surpreenda com gestos e com uma programação completa.

Como chegar

Chegar ao local não é difícil, o turista tem 4 opções:

De carro:

Campos do Jordão tem o seu principal acesso pela Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), em continuação a Carvalho Pinto/Ayrton Senna. Quem vem de São Paulo segue um caminho sem desvios começando pela Marginal Tietê até o portal da cidade. Para quem vem do Rio, o acesso também é fácil, pois é possível acessar a mesma estrada pela rodovia Presidente Dutra, na altura do km 118. Há, ainda, opções vindas de Santo Antônio do Pinhal (SP-050) e do sul de Minas (MG-383).

De ônibus

Para quem vai sair de São Paulo, a Pássaro Marrom  oferece ônibus diretos do Terminal Tietê, com diferentes dias e horários. A empresa também tem linhas para Campos saindo de Campinas, São José dos Campos e de outras dez cidades paulistas.

De trem

Uma opção é o trem de viagem, um trem turístico em Pindamonhangaba, que atravessa a famosa estrada de ferro de Campos do Jordão. Essa opção é ótima para quem tem tempo para admirar as paisagens e as cidades turísticas na qual é realizada paradas como: Santo Antônio do Pinhal e Águas Claras

De avião

Para quem vem de outros estados a melhor opção é o aeroporto de São José dos Campos que fica a 80 km da cidade.

Quer conhecer mais sobre a cidade? Acesse:  www.camposdojordao.com.br

 

 

Sobre Risos Frouxos, e batons vermelhos

Ei Menina, nem ligue para isso não!
Ninguém importa nesse mundo mais do que você!
E eu estou falando sério!
Deixe que falem, que digam, deixa para lá, já diria Jair Rodrigues.
Essa vida tem tanto para você fazer, tem tanto para ver e aproveitar.
Deixe de lado todas essas bobeiras, esses medos impostos na sua cabeça, você é muito mais, você não precisa disso!
Te prometo eles não vão fazer falta, siga seu próprio nariz, você é dona dele.
Ah! Quer que eu te conte uma outra coisa?
Você é dona de você! Só você garota! Você é problema e solução sua, de mais ninguém. Outra coisa, tu és completa, de verdade, esquece essa história de metade da laranja, você é inteira garota.
Tudo que tem aí é teu, ninguém pode te tirar isso. Ninguém há de te obrigar a nada.

E daí? Me diga, e daí?
E daí, se vão te chamar de muitas coisas ruins!
E daí, se vão te dizer que tu não serve para isso, ou para aquilo.
Menina você acha mesmo que vale a pena?
Vale a pena mudar  por essa gente tão pequena?
Pega o que é teu e vai, vai que o mundo é teu e ninguém há de provar o contrário, a não ser você mesma.
Se veste para guerra, se pinta, ou se limpa, faz o que quiser.
Enfeitiça o mundo com o que tens, com o queres.
E conselhos que prendem? Dispense!
Nem pense, nem queira!
“Nem vem tirar meu riso frouxo com algum conselho que hoje eu passei batom vermelho”
Passei batom vermelho, pintei meus olhos, vesti minha armadura, isso aí não pega mais!

Sinto muito sobre essas posturas tão antiquadas, mas meio termo não me satisfaz.
Sou assim mesmo, do jeito que sou, do jeito que quero.
E eu vou, vou do jeito que der, do jeito que for!
Um dia me disseram que eu não podia ir como estava, sabe eu posso sim, eu vou sim!

Menina, não deixem levarem teu riso, que tirem seu juízo, mas tem riso não.
Lembra que tu és o que quiser, tu vais onde quer, tu vives como te satisfaz.
Porque não, porque sim? Porque te disseram! Não, não creias!
Quem sou eu, quem sou eu para te dizer isso?
Eu sou você, eu sou eu, eu sou aquela que um dia leu, no outro escreveu, em outro sofreu e que está aqui.
Não, jamais vou dizer que somos iguais, somos únicas. somos sobreviventes.
Somos problemas nosso, não valemos quanto dizem, quanto falam, nem 1 nem 2, nem 100 nem mil.
Ninguém vai mudar isso, mas se não formos parceiras, quem irá de ser?
Menina, me escuta, não sou melhor do que ninguém, nem que eles, nem que seres.
Mas eu queria dizer que também senti, sinto, vivi e vivo, tudo isso.
Vem cá vamos lá, vai lá.
Sabe aquele lugar para mudar o mundo? É aqui, é agora!
É quando eu, e você quisermos.
Só vai passar o que a gente quiser, o que a gente deixar.

O que são os chakras?

No oriente, os chakras são conhecidos há muitos anos, mas na cultura ocidental esse conhecimento veem sendo introduzidos aos poucos. São objeto de diversas pesquisas científicas, e os estudos acerca desse tema são muito complexos. Ao contrário do que muitos acreditam, existem milhares de chakras espalhados pelo nosso corpo, mas vamos comentar apenas sete deles, que são considerados principais.
Os chakras são centros de força feitos de energia cósmica, que compõe o ser humano. São espirais que giram em alta velocidade e vibram em nossos pontos vitais. Se situam no corpo energético, e cada um atua de maneira diferente sobre as principais funções do corpo.
A palavra chakra vem do sânscrito, e significa roda. Não é por acaso que eles têm a forma universal da energia: a forma circular, que é vista, por exemplo, no formato dos planetas, ou na maneira como os astros se rodeiam.
Observando a imagem abaixo e necessário evidenciar seu caráter meramente representativo, já que o alinhamento é apenas uma questão de estética, pois, na realidade, estão em forma espiral, assumindo a vertical apenas a partir do quinto chakra.

aura-1079746_1280

Vamos entender, de um modo geral, esses pontos:
Começando de baixo para cima, o primeiro é o chakra básico, que, também, pode ser chamado de chakra sexual, ou raiz. Tem cor vermelha, e se localiza na base da coluna. Fortalece o corpo físico através da energia recebida do Sol e da Terra. É nele que se encontra o centro sexual do homem, a vivacidade e o poder de estar no aqui, e no agora. Sentimentos como a carência, medo e insegurança se manifestam quando este chakra não esta bem.
Acima dele esta representado o chakra esplênico, ligado a sensualidade, a criatividade e ao processo de reprodução. Tem a cor laranja e se localiza próximo ao baço, seu órgão de principal atuação.
O próximo é o plexo solar, que se encontra na região do estômago, e tem cor amarela. É de baixa frequência, esta diretamente ligado ao processo de digestão, e todos os órgãos envolvidos nessa função. É, também, responsável por harmonizar as emoções.
A seguir, bem no meio, vem o chakra cardíaco, que se situa exatamente entre os três de cima e os três de baixo. Nele fica o centro do sentimento, tem ligação com nossas emoções, trata do amor e do equilíbrio em geral. Está relacionado a circulação e ao sistema imunológico.
O quinto chakra é o da laringe, que fica na região da garganta e tem cor azul. Esta ligado a glândula da tireoide e é nele que habita o centro da expressão humana, tudo que abrange a comunicação se concentra nesse chakra.
O chakra frontal se localiza entre as sombrancelhas, é o centro da mente e da inteligência. É considerado como o terceiro olho, ou seja, fica responsável pela nossa parte intuitiva, consegue ver além da matéria. Tem a cor azul índigo.
Por último, no alto da cabeça, está o chakra coronário: o centro da sabedoria. alimenta as células do pensamento e é responsável pela função cerebral. Além disso, é a partir dele que se estabelece a conexão com o divino.

Esses pontos precisam de uma atenção especial, pois, assim como um rio, seguem um fluxo, e se há algo bloqueando a passagem, todo seu curso e afetado.

“Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano ele treme de medo.Olha para trás, para toda a jornada,os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre. Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar. Ninguém pode voltar.Voltar é impossível na existência. Você pode apenas ir em frente. O rio precisa se arriscar e entrar no oceano. E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece. Porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano. Por um lado é desaparecimento e por outro lado é renascimento. Assim somos nós. Só podemos ir em frente e arriscar. Coragem, avance firme e torne-se Oceano. ” Osho

Querido Cupido, me deixe em paz

Crônicas daquelas que muito se fala, e pouco se ouve.

De quantas desilusões é feita uma solteira convicta?

 

Querido Cupido, senta aqui!

Nós estamos precisando conversar, isso não está dando certo!

Você deve estar percebendo, nós temos alguns probleminhas, senta aqui, por favor!

Bom cupido, pensei que fossemos amigos, que algum dia por acaso iriamos nos entender, mas você está de brincadeira, não é mesmo?

Vem cá, como é que tudo isso aconteceu, me diz você está, ou tem algum problema?

Veja bem, foram tantas, e tantas e mais outras tantas, e você não acerta. Essa flecha aí está precisando mesmo de um bom GPS. Eu vou dar umas coordenadas aqui, ou melhor, vamos pedir para alguém fazer isso, porque sinceramente, nós dois não estamos conseguindo!

E você, não teve nenhum treinamento não? Não passou pela escola de cupidos para aprender a flechar? Então, porque faz isso?

Vamos fazer um combinado, você guarda suas flechas e eu guardo o coração aqui, ninguém mexe em nada, ninguém tira as suas armas e ficamos bem, que tal?

Afinal já foram tantas histórias, tantas coisas, tantas tentativas. Fechada para balanço? Esquece Cupido, vamos deixar para lá!

Já que falamos de tantas, há quem diga, que quem tem muitas tentativas, também é piriguete!

Mas você já pensou, o que isso a causou? Querido Cupido, essas meninas sofrem, você sabe. Não que me identifique, mas quem nunca, não é?

Tentativas, desilusões, amores platônicos, paixões arrebatadoras, e mais tentativas, e dá-lhe lenços para mais desilusões.

É dessa combustão maluca, que se nasce aquela super solteira, cupido?

É de tanto chorar e sofrer que a menina vira a solteira convicta e independente?

Sabe Cupido, eu já fui e até sou um pouco dessa solteira aí, mas acho que ela não existe, o que você acha?

Vai continuar a testar?

Querido Cupido, senta aqui, vamos conversar!

Dos palcos para a vida

Uma peça teatral não é apenas feita de atores que aparecem no palco e se apresentam. É muito mais do que isso. É decorar textos, ensaiar coreografias, ver figurinos, arrumar cenários e rever os últimos detalhes antes de se abrirem as cortinas. Essas e outras atividades fazem parte do cotidiano, atualmente, da estudante Leticia Guimarães, que está em cartaz com a peça Vale Encantado, de Oswaldo Montenegro.

Atuando desde os 11 anos, Lê, como gosta de ser chamada pelos amigos; explica que quando entrou para a companhia de teatro, Oficina dos Menestréis, em São Paulo, percebeu ali sua grande paixão pelos palcos, e a partir disso, nunca mais parou de fazer peças.

 

Confira um pouco mais desta entrevista a seguir:

 

GC: Como teve o interesse pelo teatro?

LE: Desde pequena eu era extremamente tímida, não dançava nas festinhas da escola, não apresentava trabalhos, nem nada. Só que sempre gostei muito do meio artístico, ficava vidrada em novelas, teatros.. De uma hora pra outra, resolvi fazer Jazz (dança). Viajava com o grupo, competia, e peguei paixão por estar no palco, porém não era aquilo que eu queria. Eu queria estar no palco, mas não competindo, dançando.

 

GC: Com quantos anos começou a fazer teatro?

LE: Então por volta dos meus 11 anos, resolvi entrar no teatro. Foi a partir dali, que eu me apaixonei completamente. Até então, não parei mais.

 

GC: Onde faz teatro? Quantas peças já fez?

LE: Atualmente, faço no Teatro Dias Gomes, mais conhecido como Oficina dos Menestréis, e estou há dois anos lá, e meu amor por atuar aumentou muito mais! Já fiz mais de 15 peças, tanto pequenas, como peças grandes.

 

GC: Alguém te apresentou a Oficina dos Menestréis?

LE: Quem me apresentou a Oficina foi a mulher de um primo meu, e fiquei doida pra entrar, porém a peça que eu queria fazer era só maior de 15 anos, e não consegui fazer. Acabei entrando alguns anos depois.

 

GC: Qual peça você está fazendo no momento? E qual personagem você faz?

LE: No momento, estou fazendo pela segunda vez o musical de Oswaldo Montenegro chamado “Vale Encantado”. Estou atuando como a personagem Anna do filme “Frozen, uma aventura congelante”.

13084308_1081401341931402_363140441_n

Atuando como Anna (centro) na peça Vale Encantado (2016).

 

GC: Se você não fosse esta personagem, qual você gostaria de interpretar?

LE: Se eu não fosse essa personagem, talvez eu seria a Chapéuzinho Vermelho! Acho um barato. Mas prefiro ficar como a Anna mesmo, tenho uma ligação bem forte com essa personagem.

 

GC: Já está pensando na próxima peça que irá fazer?

LE: Com toda certeza já estou pensando nas próximas peças! Vou falir meu pai já já. (risos) Inclusive uma delas é “Lendas e Tribos”, também da Oficina dos Menestréis, pra mim, ela é a melhor peça que eu já assisti na vida!

 

GC: De que forma o teatro te influencia na sua vida?

LE: O teatro é meu ponto de paz, é como minha terapia. Talvez passo mais tempo no teatro do que na minha própria casa.. É o único lugar que me sinto completa, onde me sinto bem. É como eu sempre digo : “Faço do teatro meu corpo, o público meu sangue e o palco o meu coração!”.

 

GC: Um ator e atriz que você admira?

LE: Tento sempre como admiração e inspiração Matheus Solano e Adriana Estevez, são os que mais mexem comigo.

 

GC: Você pretende fazer do teatro sua profissão?

LE: Pretendo seguir carreira, e estou totalmente certa disso.

 

GC: Qual dica você daria para quem quer fazer teatro?

LE: Claro, uma dica pra quem quer fazer teatro : Faça! Não perca tempo, e vá atrás do seus sonhos!

Sinta seu corpo, se escute

Dietas, rotina de treinos, spas e muitas outras ferramentas que auxiliam na construção de corpos perfeitos são cada vez mais comuns em nosso dia a dia. A procura pelo biotipo ideal já não e mais uma novidade, hoje todos tem plena consciência dessa busca, mais poucos percebem que e uma utopia.
Deixamos de levar em conta que um ser humano é completamente diferente do outro, nossa estrutura, composição e genética são muito particulares, sendo impossível atingir uma mesma forma. Portanto, esse ideal exerce, na verdade, uma das pressões mais cruéis sobre o indivíduo, alterando todas as esferas da sua existência.
É compreensível que as pessoas queiram se encaixar nos padrões, e, como vivemos em uma sociedade que supervaloriza o físico, nos deparamos com situações em que passamos por cima de nossas necessidades reais afim de alcançar esse objetivo a qualquer custo.
Nossa saúde mental interfere diretamente no nosso corpo, tanto por dentro, como por fora. Se somos oque comemos, refletimos aquilo que sentimos. Quando nos encontramos insatisfeitos com nossa forma, é valido sim mudar, já que o mais importante é se sentir bem. O problema se dá quando o foco está somente no resultado, esquecendo de respeitar nossos limites e ultrapassando a sensação de bem estar.
Muitas vezes não damos atenção para aquilo que nosso corpo está pedindo. Ele se manifesta a todo momento, e escutar sua voz é muito mais importante do que qualquer outra meta que você tenha em mente. Quem nunca sentiu uma vontade incontrolável de açúcar? ou aquela indisposição para exercitar-se? Nada disso é por acaso, ele pede aquilo que falta, e é nessas horas que precisamos ser mais benevolentes com nós mesmos.
Essa é a máquina que nos mantém vivos, ou seja, cuidar dela deve ser uma prioridade. Ser saudável é, também, ser mais tolerante consigo mesmo. Viver de maneira rigorosa pode ser mais prejudicial do que levar uma vida regrada a maus hábitos.
A chave para essa polê mica e é o equilíbrio entre esses dois extremos. Leve a vida de um jeito mais leve.. Permita-se!

“Esqueça essa história de querer entender tudo.
Em vez disso, VIVA,
em vez disso, DIVIRTA-SE!
Não analise, CELEBRE!” Osho

Uma pena não, valeu a pena

Um mês depois tudo, eu só queria pode falar, eu só queria dizer pra você um Oi.
Eu queria te dizer que não morri que estou aqui resistindo. Persistente como sempre.
Na verdade eu queria te dizer que eu não estou só resistindo, eu estou bem melhor, eu estou vivendo, eu estou mais que respirando eu estou sentindo de novo o ar, e lembra-se daquela sensação de estar voando? Aquela sensação que eu tive quando vi você, eu estou tendo de novo, e quer saber da maior?

Sozinha, minhas borboletas estão voando, estão fazendo aquilo, estão me dando o meu sorriso, mas só por mim, por mim mesma.
Pensando bem eu queria mesmo te falar que eu esqueci, que eu já nem me lembrava mais até resolver escrever isso. E porque eu escrevo, porque tem coisas que a gente tem que registrar não é?
Anota aí, vê se não esquece menina.
Tudo passa, sempre passa!

Por isso eu quero te falar que passou que cicatrizou que doeu, mas que hoje eu já não sinto mais nada.
Na verdade eu queria mesmo é te agradecer. Será que eu posso ir aí te dar uma abraço? Como bons amigos?
Pra eu agradecer por você me provar que EU estava errada, porque você era sempre foi a pessoa errada, e o certo estaria/estará por vir.

Ah obrigada! Obrigada por me fazer perceber que eu não morro, que eu corro, mas não me dissolvo não.
Que pode até parecer impossível, mas você vai ser só um personagem no banco de histórias, recheado de outros aspirantes a atores principais, que terminaram como meros figurantes da minha peça real.

Uma pena não é? Não, não é. Valeu a pena!

Valeu por me fazer procurar no fundo da minha alma o meu amor próprio, por me lembrar de que existe um amor maior ao meu criador, e que depois dele, só eu, eu mesma. Não você…

Eu só queria te dizer que aquela ilusão foi boa, só que agora eu nem penso como seria se ela tivesse dado certo, porque hoje a realidade ecoa não me deixa mais se lembrar de você.
É com o fim desse texto meu, que eu te coloco de volta no lugar que você escolheu, na minha caixinha de aspirantes.

No seu lugar de figurante.

Página 1 de 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

%d blogueiros gostam disto:
Aguarde...

ASSINE A NEWS

Digite seu endereço de e-mail e seja a primeira a saber quando tiver alguma novidade por aqui. ;)
PageLines